Close

287 ANOS DO MAIS ANTIGO INSTITUTO MUSICAL DO PARÁ | 6 de Maio 2022

  • Home
  •  / 
  • Notícias
  •  / 
  • 287 ANOS DO MAIS ANTIGO INSTITUTO MUSICAL DO PARÁ | 6 de Maio 2022

287 ANOS DO MAIS ANTIGO INSTITUTO MUSICAL DO PARÁ | 6 de Maio 2022

Autor: Cassio Pessoa Araújo

O instituto musical, chamado: “Schola Cantorum” é uma escola de canto coral formada por vozes mistas, que se destina ao acompanhamento das funções religiosas da Igreja Católica, suas origens são do ano de 334, no papado de Silvestre I. A instituição “Schola Cantorum”  ao longo dos séculos teve um papel importante na consolidação do canto gregoriano e da musica sacra de um modo geral em todo o mundo.

Em Belém do Pará é fundado em 06 de maio de 1735, o primeiro estabelecimento de ensino musical do Pará, a “Schola Cantorum”, pelo Côn. Lourenço Roxo, no período de vacância do bispado, após a morte de seu primeiro Bispo, Dom Frei Bartolomeu do Pilar, OC. (1721 – 1733). A secular Schola Cantorum da Catedral de Belém do Pará, completa hoje seus 287 anos de fundação.

A Schola integra a vida litúrgica da Arquidiocese de Belém, assim como faz parte da história musical e cultural do Estado do Pará. Ao longo dos séculos, foi regida por diversos notáveis da música sacra em Belém. Teve seu apogeu com a chegada do grande órgão Cavallie Coll, vindo da França, em 1882, sob o governo de Dom Macedo Costa, que foi o 10º Bispo do Pará (1861 – 1890). Após anos de uso e pouca manutenção, por volta do ano de 1950, o Órgão ficou emudecido, causando assim a estagnação das atividades da secular Schola. Foi durante a regência do grande Mons. Nelson Brandão Soares, e que foi Cura da Sé de Belém entre os anos de 1985 à 1998, que ocorreu a reforma do Órgão e o reestabelecimento da Schola Cantorum, no dia 23 de fevereiro de 1985.

Atualmente, a Schola Cantorum da Catedral de Belém contém 32 membros e é regida pelo Maestro Eduardo Nascimento desde o ano de 1998, e acompanhada pelo Organista Paulo José Campos de Melo desde o ano de 1994; ao longo dos anos, além do acompanhamento nas liturgias, a Schola Cantorum acolhe todos os anos na Catedral de Belém diversos corais para a “Mostra de Corais Santa Cecília”. Outro momento marcante, foi a gravação do Hino Oficial do XVII Congresso Eucarístico Nacional, que ocorreu em 2016, na capital paraense; e a Cerimônia Solene de Coroação de Nossa Senhora de Belém, realizada no Theatro da Paz, no ano de 2019. Com o passar dos anos, a Schola Cantorum da Sé de Belém, tornou-se uma referência e uma resistência da música sacra em toda a região amazônica, consolidando-se no cenário cultural e religioso, como um dos mais afamados coros sacro da atualidade no Brasil.

_________________________

  • LEAL, Monsenhor Américo da Silva. A Igreja da Sé. Editora Falangola. Belém/Pará, 1979.
  • RAMOS, Dom Alberto Gaudêncio. Cronologia Eclesiástica do Pará. Editora Falangola. Belém/Pará, 1985. – ROCHA, Hugo de Oliveira. A Catedral de Belém: Resumo Histórico e Momento Atual. Editora Falangola. Belém/Pará. 1992.

GALERIA DE FOTOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *